sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

relações...

As relações humanas, às vezes são difíceis de se entender. Surgem nas mais diferentes ocasiões e mudam nossas vidas, algumas não percebemos outras estão em foco constantemente. 

O primeiro e principal ninho destas relações é a família, que com cada fase da vida nos dá base para o mundo, ou era o que devia acontecer.

Não se sabe ao certo os motivos, mas esquecemos que uma boa base para qualquer relação é o respeito, o diálogo e o amor.

Nos desentendemos com facilidade quando não conversamos ou nos equivocamos nos sentidos das palavras, gestos e atitudes dos outros e também de nós mesmos.

Como saber que tal atitude incomoda se nunca reclamaram? como saber que não se entendeu nada, se só sobrou o silêncio e talvez a indiferença?  Como saber o que estas sentindo se não dá abertura para outro entender?

Esquecemos de conversar sem julgar... esquecemos como demonstrar nossas emoções... esquecemos que temos corações....

Falar sobre si mesmo é tão difícil, porque temos medo e vergonha de nossas fraqueza... por isso falar dos outros é tão fácil... 

temos medo de enfrentar nossa própria fraqueza, nossa consciência. Olhar para o próprio coração e revelá-lo tal como é... é para os fortes....

os verdadeiramente fortes são aqueles que tem coragem de revelar seus sentimentos verdadeiramente... 

São erroneamente julgados como fracos, sentimentalistas... mas são eles que nos ensinam a verdadeira força...

Conviver em sociedade, é mais que aglutinar pessoas, é ver o outro como parte de si mesmo...

...

Nenhum comentário:

Postar um comentário